terça-feira, 26 de julho de 2016

Expectativas

Lidar com expectativas é uma coisa muito difícil. Sejam com as suas próprias expectativas ou as expectativas dos outros a seu respeito. São muitas varáveis a considerar, e tudo depende da sua visão do mundo. É mais importante agradar aos outros ou ser fiel aos meus sonhos? 
Eu super entendo os conflitos adolescentes. Claro que, hoje eu penso que a minha vida seria mais fácil naquela época, se eu pensasse como penso agora. Mas isso não aconteceu e não dá para voltar atrás, e honestamente não gostaria disto, porque esses enfrentamentos são relevantes para crescermos e essencial para definir o peso das opiniões alheias e dos sonhos que temos.
Não existe receita para lidar com as expectativas, em especial as que são criadas a seu respeito, mas é importante pensar sempre no que você quer. Porque muita gente deixa de ser feliz, realizando o que os outros querem e não o que de fato o fará realizado e completo. Sempre que você estiver em situações assim, olhe para dentro de si e sempre que possível, procure realizar-se ao invés de realizar os outros.
Considerando tudo isso, quero estimular um exercício à empatia. Porque muitas vezes somos nós que criamos expectativas sobre a vida das pessoas e insistimos que a nossa visão sobre a vida da pessoa é a melhor opção para ela. 
O grande problema de criar expectativa é a frustração. Porque sempre que você cria uma perspectiva muito grande e ela não se concretiza é inevitável o desapontamento. E é por essa razão que a expectativa não deve ser colocada em outra pessoa. Consegue vê o peso que você coloca na outra pessoa? Muitas vezes até sem ela saber! 
Portanto, pratique a empatia, seja sincero com você e em seus relacionamentos e diminua as suas expectativas, porque as chances de uma desilusão também diminuem.

 No Egito, onde a temperatura atinge 40º facilmente, eles tomam chá *quente*. Loucura? Não! Eles tomam chá para aumentar a temperatura interna e não sentir tanto a temperatura externa.

Sempre que a sua expectativa estiver incomodando alguém ou você mesmo, assuma uma postura de conciliação para diminuir os efeitos na vida das pessoas ou em si. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentem!! :)